Comente e exercite a sua mente...

Páginas

domingo, 11 de dezembro de 2011

Aprisionado pelo orgulho


De todo silêncio desta casa vazia
O que sinto mais falta é do silêncio da sua companhia
Você se foi sem dizer por que
Se esquecendo de me ensinar a te esquecer

Agora vivo ao lado desta solidão
Chorando a dor deste meu coração
O orgulho não permite que eu te procure
Mas permite que esta saudade me torture

E o que me sobra? É a esperança de você voltar
E de dentro de mim toda esta dor arrancar
Mas se sua volta demorar muito a acontecer
Sufocarei este orgulho, e irei em busca de você....

Saulo Prado

3 comentários:

Milton disse...

Bela poesia!
Parabéns!

Terê. disse...

Aprisionado pelo orgulho, solte-se ,liberte-se, perdoe-se, viva sem orgulho, a vida fica linda , bju meu querido, tere.

Irene Alves disse...

Venho desejar-lhe um Feliz e Santo
Natal.
Bj.
Irene

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails