Comente e exercite a sua mente...

Páginas

domingo, 17 de abril de 2011

Sem meios termos


Você vai ser a minha captura
Por isso deixa de lado esta sua frescura
Eu sou o caçador e você é minha caça
Por isso não adianta me fazer pirraça

Eu não vou ser sutil com você
Esta na cara este nosso querer
Por isso deixa logo desta sua manha
Deita comigo e me arranha

Vamos deixar o romance para depois
Vem ser meu feijão que eu sou seu arroz
No sexo não existe esta tal poesia
Só o amor transforma as coisas em fantasia...

Saulo Prado

Gostaria de aproveitar e te convidar para ler o post

Nosso pequeno apogeu

  do meu Blog Meu Mundo Quadrado ..


6 comentários:

Terê. disse...

olá amigo, que belo poema. bju terê.

Si Fernandes disse...

Há em nós tanta intensidade e outras sensações que vão até ou além do amor.
Intensa, direta e ardente composição.
Gostei!

Sandra Botelho disse...

No sexo o coração adormece e o corpo manda...beijos achocolatados

O Universo dos Pensamentos disse...

Interessante.

Boa noite

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Seus versos sempre perfeitos,no entanto não concordo: amor e sexo podem caminhar juntos.Juntos, ambos ficam mais saborosos!

Um beijo e meu carinho!

Sonia Regina

Elzenir Apolinário disse...

Querido Saulo, venho convidar-lhe para comemorar comigo 2 anos de minhas releituras e leve o selo de amizade...espero-te. Abraços

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails