Comente e exercite a sua mente...

Páginas

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Embriagado


Dionisíaco embriagado de si mesmo
Segue sua vida ao esmo
Bebo pelos becos
Dançando o tango da solidão
E seguindo o seu louco coração
Toda sua masculinidade se rende
Aos saltos de uma mulher
Que com seu vestido de coro
Sabe bem o que da vida quer
Ele se sente pequeno perto de tanta tentação
Mas segue firme, os gritos de seu doce tesão
Acaso versus destino
O menino é uma copia
Daquela canção
Onde o salto agulha dança valsa
em seu sofrido coração...

Saulo Prado
Texto inspirado em um lindo post do Blog "Alienatio Mentis" escrito por Milla Borges uma fabricante de sonhos....

2 comentários:

Sandra Botelho disse...

Poxa meu amigo...Que lindo e profundo teu poema. Cada vez melhor tua escrita. Parabens viu?
Bjinhos no core!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Li seu poema e vi um filme!

Um beijo!

Sonia Regina.

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails