Comente e exercite a sua mente...

Páginas

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Acasos


Entre tantas mentiras
Só sobrou a hora da partida
Bandido foi o coração
Que não avisou que estava na contramão

Entre tantos beijos gelados
Só sobrou este homem enganado
Que mais uma vez acreditou na paixão
E terminou dançado tango com a solidão

Entre tantos pedidos de desculpas
Só me coube vestir-se de culpa
Por ser vitima da ingratidão
E mais uma vez beija na boca da desilusão...

Saulo Prado

5 comentários:

Sandra Botelho disse...

Lindo poema amigo.
Lindo como todos. Bjos achocolatados

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

O coração nos prega essas peças ...dói muito nos sentirmos enganados...

Enquanto o poeta sofre a beleza destila por seu blog!

Um beijo sincero!

Sonia Regina.

Sonia Pallone disse...

Bom demais estar de volta, meu coração em festa vem agradecer o rastro colorido que vc deixou no meu Solidão enquanto estive ausente. Beijo grande poeta.

euemmim disse...

Oi...

Achei lindo seu poema...mas tb triste...

Os poemas são sempre assim....pq sempre tem um pouco de dor...de amor...

Perfeito...

bjo Poeta!
Zil

Sombras de Anjos disse...

uau !!
Que maravilha!
Peço desculpas para não ter palavras de expressar o que senti ao ler esse texto!
Mais uma vez parabenizo !
Carinhosamente

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails