Comente e exercite a sua mente...

Páginas

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Fuga

Eu fugi do que eu não podia ter
Eu fugi de um sentimento de querer
Eu fui covarde com o meu coração
E perdi você para a sua decepção

Eu fui menino que quebrou o brinquedo
Eu fui uma grande vitima do meu medo
E agora só me resta mais uma vez chorar
E com a solidão outra vez me abraçar

Eu agora escolherei outro caminho
Eu estou cansado de ser sozinho
E é lógico que nunca vou te esquecer
Eu só necessito é de reaprender a viver...

Saulo Prado

6 comentários:

Malu disse...

Oi , Saulo !
Linda poesia .
Estamos sempre reaprendendo nessa vida.
Reaprendendo e recomeçando ...


Obrigada pela poesia , presença e
carinho de suas palavras.

Fiquei muito feliz. :)



BjO Grande!

Sandra Botelho disse...

Lindo!
Bjos achocolatados

Zil Mar disse...

Lindo demais!!!!!

Viver reaprendendo a viver....parece que vamos sempre por este caminho...


bjo!

Zil

Lidi Dias disse...

Olá Saulo!
É meu amigo, existe fazes difíceis, que a unica maneira que achamos melhor é fugir...
Fugir do que sentimos,
Não tem caminho..
Viver é tudo, respirar...
As coisas simples é das quais não damos as vezes muita importancia...
bela postagem!!!
Beijos na alma

Sonia Pallone disse...

Que alegria poder voltar a te visitar, ler seus pensamentos e sentir sua poesia tão intensa e marcante. Desculpe a minha ausência, querido. Bjs.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Seus poemas penetram na alma da gente dizem tudo aquilo que gostaríamos de dizer e não encontramos as palavras!!!

Você é mesmo o Meu Poeta preferido!

Um beijo e minha admiração!

Sonia Regina.

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails