Comente e exercite a sua mente...

Páginas

segunda-feira, 8 de março de 2010

Encontros e Desencontros
















Enquanto ela chora
A solidão me devora
Estranho é o nosso amor
Ele só vive regado pela dor

Ela briga
para mostrar sua presença
Eu me calo
para ela sentir com minha ausência

E assim vamos vivendo esta paixão
Rimando brigas com reconciliação
Tentando vencer a distancia
Para fazer brotar a mais remota esperança....


Visitando o Blog Meu Aconchego da doce e linda Sandra Botelho, eu colhi a inspiração para escrever estes versos...



4 comentários:

Sandra Botelho disse...

Poxa, fico lisonjeada, que meu poema tenha lhe inspirado.
Obrigado querido pelo carinho.
Sabe que é um amigo muito especial para mim.
Lindos versos como todos.
Bjos no coração!

Crys disse...

Belo poema meu lindo...bjs

AnaMedeiros disse...

Amei o poema! Você tem muito jeito!

Sonia Pallone disse...

Lindo poema! Que a tua sensibilidade vague eternamente em brancas ondas de mar poético...Bjs querido.

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails