Comente e exercite a sua mente...

Páginas

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

CAMINHO DE LOUCO


 Eu até posso escrever sobre amor
Mas faz tempo que este sentimento de mim se afastou
Eu falo do amor entre um homem e uma mulher
Esta magia de duas almas quando se quer

Eu ando vivendo só na promiscuidade
E não faço disso minha maldade
É que eu vivo em busca de alguém
Que meu desejo seja só fazer-te o bem

Por isso toda noite uma nova aventura
Como se a sensibilidade existisse na loucura
Não sei se este meu caminho me levará a algum lugar
Eu só sei que necessito muito de exercitar o verbo amar...

Saulo Prado


“A falta de liberdade não consiste jamais em estar segregado, e sim em estar em promiscuidade, pois o suplício inenarrável é não se poder estar sozinho.”
-- Fiodor Dostoievski

2 comentários:

Tere disse...

oi meu amigo, que belas palavras. lindo poema, bjus tere.

Lidi Dias disse...

Boa noite!!
Nossa,este texto me encantou de uma maneira brilhante!
Lindíssimo !!!
Caminho de louco,é sempre bonito...
Pois só os loucos sabem amar de verdade...Lidi Dias
Beijos na Alma

Jataí-Goiás Minha Linda Cidade...

Me diga da onde você é?

Me encontre também no Twitter...

Quer ser meu amigo no Okut?É só dar um clik na imagem e me adicionar...

Related Posts with Thumbnails